HOME / Responsabilidade / Farmacovigilância
Farmacovigilância

Farmacovigilância

A Farmacovigilância visa melhorar a qualidade e segurança dos medicamentos, em defesa do utente e da Saúde Pública, através da deteção, avaliação e prevenção de reações adversas a medicamentos, tem como objetivo principal a redução das taxas de morbidade e mortalidade associada ao uso de medicamentos, através da deteção precoce de problemas de segurança desses produtos para os pacientes, além de melhorar a seleção e o uso racional dos medicamentos pelos profissionais de saúde.

 

O QUE É UMA REAÇÃO ADVERSA A MEDICAMENTO(S)?

O que é uma reação adversa a medicamento(s)?

Uma reação adversa a medicamento(s) (RAM) é uma resposta nociva e não intencional a um ou mais medicamentos.

QUAL A IMPORTÂNCIA DA FARMACOVIGILÂNCIA?

Qual a importância da Farmacovigilância?

A notificação de suspeitas de reações adversas com os medicamentos pelos profissionais de saúde, permite a deteção de sinais associados à segurança dos medicamentos, podendo conduzir à:

  • Deteção de novas reações adversas medicamentosas;
  • Alteração da frequência de reações adversas já conhecidas;
  • Identificação de novas interações medicamentosas;
  • Questões associadas ao modo de utilização do medicamento;
  • Melhor conhecimento do perfil do medicamento.

QUEM DEVE NOTIFICAR REAÇÕES ADVERSAS MEDICAMENTOSAS?

Quem deve notificar reações adversas medicamentosas?

Médicos, farmacêuticos, enfermeiros, ou outros profissionais de saúde. Em caso de suspeita de RAM, o utente poderá notificar ou, preferindo, partilhar o caso com o seu profissional de saúde, para que este possa notificar as autoridades competentes.

O QUE DEVE SER NOTIFICADO?

O que deve ser notificado?

Todas as suspeitas de reações adversas graves, mesmo as já descritas no Resumo das Características do Medicamento. Os critérios de gravidade incluem: causar a morte, pôr a vida em risco, motivar ou prolongar a hospitalização, resultar em incapacidade significativa ou persistente, suspeita de anomalia congénita ou malformação e reações medicamente significativas.

Todas as suspeitas de reações adversas não descritas no Resumo das Características do Medicamento, graves ou não graves.

Todas as suspeitas de aumento da frequência de uma reação adversa grave ou não grave.

Os doentes também podem notificar informação sobre reações adversas, entanto encorajamos os mesmos a comunicarem a situação ao seu médico, o qual poderá fornecer posteriormente toda a informação relevante.

As notificações de reações adversas devem ser enviadas para a Autoridade de Saúde, INFARMED e Indústria Farmacêutica.

COMO NOTIFICAR UMA REAÇÃO ADVERSA?

Como notificar uma reação adversa?

As notificações de reações adversas associadas a medicamentos da Fresenius Medical Care podem ser efetuadas através do envio da informação para:

INFARMED, utilizando as fichas de notificação disponíveis no Portal do INFARMED.
 

 

Renata Minas


Rua Prof. Salazar de Sousa, lt 12
E-mail: farmacovigilância.portugal@fmc-ag.com
Telef: 217 501 100
Fax: 217 501 190

 

NephroCare
Trabalhar na Fresenius
NA
© Fresenius Medical Care Portugal
by Bluesoft.pt