HOME / ARQUIVO DE NOTÍCIAS / Manuel Silva, utente da NephroCare Maia, participa no debate “O exercício físico no Insuficiente Renal Crónico” promovido pela APIR

Manuel Silva, utente da NephroCare Maia, participa no debate “O exercício físico no Insuficiente Renal Crónico” promovido pela APIR

13 julho 2017

 

No passado dia 9 de julho, a Delegação Regional do Norte da Associação Portuguesa de Insuficientes Renais (APIR) organizou a “2ª Caminhada pelo Rim”.

 

O dia começou bem cedo no Parque Biológico de Gaia. Cerca de 150 participantes, insuficientes renais, familiares e profissionais de saúde puderam conviver nesta iniciativa que teve como principal finalidade, promover a atividade física nesta população.

 

Após o almoço convívio, seguiu-se o debate “Exercício Físico no Insuficiente Renal Crónico”. Moderado por Domingos Oliveira, presidente da Delegação Regional do Norte da APIR, contou com a participação do Prof. Eduardo Teixeira (Professor do Instituto Universitário da Maia e investigador do Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano) e do Enf. Pedro Martins, coordenador do Programa de Exercício Físico da NephroCare Portugal. Eduardo Teixeira, abordou as recomendações de atividade física propostas pela Organização Mundial de Saúde e os riscos do sedentarismo. De seguida, abordou os benefícios do exercício físico na insuficiência renal crónica, assim como as principais barreiras e motivadores que estas pessoas encontram para a prática de atividade física. Alicerçado nas barreiras descritas nesta preleção e já mais focado no caso concreto dos hemodialisados, Pedro Martins abordou a pertinência de programas de exercício físico intradialíticos e apresentou o programa atualmente em curso em 19 clínicas da NephroCare Portugal.


O debate prosseguiu com mais três intervenções, testemunhos de Insuficientes Renais Crónicos para quem a prática de exercício físico é um elemento fundamental do seu quotidiano. José Alberto Silva, insuficiente renal transplantado, ciclista do grupo Desportivo de Transplantados de Portugal, explicou o seu percurso e a importância que o ciclismo teve na sua recuperação. Nesta intervenção, José Alberto Silva abordou ainda a honrosa participação portuguesa nos Jogos Mundiais de Transplantados. O debate prosseguiu com o testemunho de Ricardo Cunha. Este atleta de trail, recentemente em diálise peritoneal, busca na corrida as forças para ultrapassar esta nova fase da sua vida. O debate terminou com a intervenção de Manuel Silva. Neste caso, não estamos perante um atleta, mas sim de alguém, cujo historial clínico que explicou, o conduziu a um total descondicionamento e ao abandono por completo a prática de exercício físico. Segundo as suas palavras, o início de hemodiálise na NephroCare Maia e a consequente integração no Programa de Exercício Físico, permitiram melhorar a sua condição física. Atualmente redescobriu o gosto pela caminhada e pôde voltar a passear a sua cadela, um elemento crucial para manter os seus níveis de atividade física.


Felicitações à APIR pelo sucesso da iniciativa!

NephroCare
Trabalhar na Fresenius
NA
© Fresenius Medical Care Portugal
by Bluesoft.pt